Faces é o vinho brasileiro oficial da Copa 2014

Onze jogadores em campo. Onze uvas em um vinho. Assim como a seleção brasileira de futebol, o rótulo tinto FACES da Lidio Carraro Vinícola Boutique vai representar o Brasil como vinho Licenciado Oficial da Copa do Mundo da FIFA 2014™, traduzindo o terroir nacional com a escalação de um time de uvas de diferentes áreas vitícolas representativas das cores, aromas e sabores da nossa terra. O resultado são 26 vinhos no corte em uma obra enológica que homenageia os estados da federação. Já, o vinho branco FACES, é um assemblage das uvas Moscato, Chardonnay e Riesling Itálico, as três variedades brancas mais cultivadas no Rio Grande do Sul.

O lançamento do FACES ocorreu durante a Copa das Confederações, realizada no Brasil no mês de junho. A Lidio Carraro prevê a produção de 600 mil garrafas com os dois rótulos e, também, o vinho rosé, que deve chegar ao mercado na metade do segundo semestre de 2013.

Com o conceito de vinho celebração, desenvolvido pela enóloga chefe e responsável pelo projeto técnico dos FACES, Monica Rossetti, a Lidio Carraro apresenta um produto autêntico, vibrante e versátil que guarda, em cada garrafa, a característica da diversidade. “O FACES é uma resposta do vinho brasileiro para satisfazer a nova tendência mundial de consumo com identidade própria. São vinhos de qualidade premium com a característica de perfil jovem, refrescante, fácil de beber”, diz Juliano Carraro, diretor comercial da vinícola. O primeiro lote, de 173 mil garrafas dos vinhos tinto e branco, começa a chegar gradualmente ao mercado e poderá ser encontrado pelos consumidores nas lojas premium das principais redes regionais de supermercados do país, casas especializadas, nos melhores restaurantes e hotéis. Além destes canais de distribuição, também poderá ser adquirido nas redes Duty Free, através do site e-commerce da Globo Marcas e diretamente da própria vinícola boutique. Cada garrafa tem impresso no rótulo o selo de licenciamento da FIFA e o preço médio é de R$ 39,80.

No exterior, os compradores conheceram o vinho durante a Vinexpo 2013, realizada no mês de junho em Bordeaux, na França.  De acordo com Patrícia Carraro, diretora de Marketing e Exportação da vinícola, muitos importadores estão interessados nos vinhos FACES e já tem negociações em andamento com Dinamarca, Canadá, Reino Unido, Holanda, Bélgica, Estados Unidos e Japão. “Foi muito importante a FIFA ter escolhido um vinho brasileiro. O mercado viu com ótimos olhos e isso agregou maior confiança para o vinho do Brasil como um todo. Uma maior participação dos vinhos do Brasil nas cartas dos restaurantes e nas lojas, agregado a um conjunto de ações ao longo dos anos, vai gerar uma grande mudança na participação do vinho brasileiro no mercado nacional e internacional”, analisa Patrícia Carraro.

Merlot, Cabernet Sauvignon, Teroldego, Touriga Nacional, Tannat, Ancellotta, Nebbiolo, Tempranillo, Pinot Noir, Alicante e Malbec formam a seleção de uvas do tinto FACES. São variedades provenientes de toda a Serra Gaúcha, incluindo o Vale dos Vinhedos que representa a tradicional área de cultivo da uva e vinho no Brasil, e também da metade sul do estado do Rio Grande do Sul, englobando as novas e promissoras regiões vitícolas brasileiras.  As uvas selecionadas são de diferentes nacionalidades, uma referência à forte miscigenação do povo brasileiro, formado por imigrantes de vários países. A Lidio Carraro ousou na busca por variedades, e na composição de parcerias com outras áreas produtoras, além daquelas onde cultiva seus vinhedos próprios. “A proposta foi criar um vinho representativo da viticultura brasileira, que traduza no seu conceito, no seu método de elaboração e no seu perfil organoléptico a identidade do Brasil. Foi um grande desafio selecionar uvas de lugares diferentes do Rio Grande do Sul para a criação dos vinhos comemorativos da Copa. Realizamos algo inovador, mobilizando vários parceiros em um projeto concebido especialmente para valorizar a diversidade enológica que simbolicamente expressa a diversidade humana e cultural do Brasil”, explica Monica Rossetti.

No trabalho de criação, os critérios para formação desse time de uvas tiveram como base o estilo desejado para o vinho. “Descontraído e agradável, mantendo o perfil de qualidade reconhecido em outros vinhos da Lidio Carraro. Buscamos representar a alma brasileira que está no imaginário das pessoas: jovem, alegre e criativo. Estamos empolgados com os resultados e acreditamos que será bola no pé e vinho na taça em todo País”, brinca a enóloga.

O vinho branco FACES busca inspiração nas raízes da vitivinicultura gaúcha para celebrar a trajetória do setor no Brasil. Isso se traduz na escolha das uvas Chardonnay, Moscato e Riesling trabalhadas em perfeita harmonia – um terço de cada variedade na composição -, explorando o potencial de cada uma para a criação de um vinho completo. “A uva Moscato confere intensidade aromática, tornando o vinho vivo, intenso, com aroma de flores, frutas tropicais e caráter exuberante. A Riesling é elegante, sutil e contribui com frescor e persistência. A uva Chardonnay é a componente de equilíbrio, liga as duas outras variedades e atribui requinte, notas frutadas ao aroma e volume em boca”, explica Monica. Versátil para ser consumido nas mais diversas ocasiões, com qualidade e consistência. Um vinho para comemorar a festa da Copa no Brasil que estreou na Copa das Confederações e foi servido nas áreas fechadas dos estádios brasileiros dos jogos, juntamente com outros rótulos do portfólio da Lidio Carraro: Dádivas Chardonnay, Dádivas Espumante Brut, Dádivas Merlot/ Cabernet Sauvignon e o Agnus Cabernet Sauvignon.


 À frente da criação do FACES, vinho Licenciado Oficial da Copa do Mundo FIFA 2014 elaborado pela Lidio Carraro Vinícola Boutique, a  jovem enóloga Monica Rossetti, 30 anos, está  desenvolvendo um projeto inovador em técnica e conceito dentro do mercado vinícola brasileiro. Natural de Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, formada em Enologia, trabalha há 13 anos na área e presta consultoria enológica também na Itália. A experiência internacional com colaborações técnicas em regiões italianas, como Toscana, Piemonte, Veneto, Trentino Alto Adige, Friuli e Umbria e a constante atualização, com viagens para algumas das principais áreas produtoras do mundo, como Alemanha, Argentina, França, Chile e Espanha, contribuíram para o aprimoramento do seu trabalho na Lidio Carraro, onde hoje coordena a nova fase de expansão da vinícola brasileira.

 A enóloga define o desenvolvimento do vinho FACES como uma obra artística. “O vinho foi imaginado em todas as suas nuances organolépticas para direcionar o processo de criação”, conta Monica que, inicialmente, delineou o estilo enológico do vinho para inspirar a condução do trabalho. Desta forma, o projeto tem como pontos principais: ser um vinho celebração, que traduz algo tipicamente brasileiro, com particularidades e um histórico inédito no processo de criação, e ao mesmo tempo versátil e democrático, com características apreciadas por um grande número de pessoas. “O projeto técnico revela um desafio incrível: unir uvas provenientes de áreas de produção diferentes em um único vinho que expresse um estilo bem definido e seja concebido em um tempo  delimitado”, explica Monica. Os vinhos FACES carregam a tradição da Lidio Carraro na produção de rótulos Premium e Top Premium, a partir de rigorosos padrões de qualidade, tecnologia e pesquisa aliados à experiência no cultivo de uvas na Serra Gaúcha por cinco gerações da família.

A Lidio Carraro é uma vinícola de propriedade familiar guiada por uma filosofia purista de total respeito à terra e à mão-de-obra. No ramo da viticultura há mais de cinco gerações, eles acreditam que os grandes vinhos não são obtidos na vinícola, mas nos vinhedos que, neste caso, estão localizados em dois excepcionais locais no sul do Brasil: Vale dos Vinhedos e Encruzilhada do Sul. A família detém mais de 200 hectares, dos quais cerca de 42 estão em produção e devem ser ampliados ano a ano até atingir 150 hectares.

O portifólio de vinhos, elaborados integralmente com uvas próprias, está dividido em segmento Lidio Carraro Top Premium (linhas Grande Vindima, Singular, Elos e Coletânea) e segmento Lidio Carraro Premium (linhas Agnus, Dádivas e Faces). Chama atenção o grande rol de variedades produzidas: além de Merlot, Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Tannat, Pinot Noir, Chardonnay e Moscatel, são cultivadas uvas pouco comuns no Brasil como Malbec, Tempranillo, Touriga Nacional, Teroldego e Nebbiolo.

O conceito de vinícola boutique subentende uma produção controlada, pequena e de altíssima qualidade. Esse padrão é mantido pela união da tradição com a busca constante por conhecimento atualizado, um esforço compartilhado por todos os membros da família. Enquanto Lidio Carraro se envolve completamente com a viticultura, seus filhos, os enólogos Juliano e Giovanni e a arquiteta Patrícia, especializada em marketing, são responsáveis pela produção e comercialização dos vinhos.

Quando voce estiver em Bento Gonçalves, não deixe de visitar a vinícola. Lá é possível conhecer o processo de produção de vinhos e espumantes, além de degustar os rótulos Premium e Top Premium.

Parabéns a Vinícola Lidio Carraro ! Sem dúvida alguma estamos muito bem representados.

 

Sacada: Estamos diante de uma edição especial. Compre algumas garrafas a mais e guarde em sua adega particular. Com certeza serão raridades. Copa 2014 no Brasil só acontece uma vez !

0 comentários

Deixe um comentário


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *